jul
25

Saia Plissada

O look de hoje usei para trabalhar. Super fina estou ein? Sempre AMO a combinação Preto&Branco. Vocês já notaram com certeza. Me sinto muito bem vestida assim. O cinto em tom natural de couro deu super certo. O lenço em cores leves do Verão 2013 na bolsa alegrou o look e trouxe leveza. Uma dica: sempre que usar look P&B, combinar com algum acessório de outra cor que “quebre” o básico, como um cinto colorido, um lenço, uma bolsa colorida, um colar, whatever, alguma cor que levante o astral. No meu caso escolhi o lenço na bolsa. Essa saia plissada tem um caimento incrível, o movimento dela é lindo.

Blusa, Saia e Rasteira: Produção

Cinto: H&M

Óculos: Jimmy Choo

Bolsa: Prada

Lenço: Ralph Lauren

jul
25

@Índia – Parte III

Eba, finalmente a parte III da Índia saiu. E é uma parte bem interessante. Hoje não vou falar sobre o Hinduísmo. Visitamos a mesquita muçulmana Jama Masjid e o templo Sikh Gurudwara Bangla Sahib.

A famosa Jama Masjid é a maior mesquita Indiana. Fica localizado na chamada Antiga Delhi, Old Delhi. Fui recepcionada por esse charmoso senhor que nos obriga a ficar descalços e colocar uma roupa “bem cheirosinha” para cobrir braços, pernas, colo, TUDO, hahaha. Confiram nas fotos abaixo o charme que eu fiquei.

Como a Índia é um país que tem quase 50% da sua população vivendo na miséria, muita gente escova os dentes, lava cabeça, braços, rosto nessa fonte:

Sobre o Islã quase todo mundo sabe um pouco, apesar de ainda gerar algumas dúvidas. Rajid, nosso guia super paciente, nos explicou detalhe por detalhe. Não dá para explicar tudo por aqui, pois iria até ficar cansativo, mas vamos aqui resumir um pouco. Islão, Islã ou Islamismo é uma religião abraâmica; ou seja, origem em Abraão, como o catolicismo; baseia-se no livro sagrado Corão ou Alcorão, e tem como último discípulo profeta de Deus, Maomé. Muita gente quer comparar o Islã com o Catolicismo para entender melhor a história, e acaba fazendo certas comparações que não se encaixam. Bíblia e Alcorão, são os livros sagrados de cada religião, ok. Mas comparando Maomé a Jesus Cristo, não tem nada a ver! Para os muçulmanos, Maomé foi o principal profeta, veio ao mundo pregar a palavra de Deus, e deixou vários ensinamentos a serem seguidos. Para o catolicismo, Jesus Cristo faz parte da trindade divina, “O Pai (Deus), o filho (Jesus) e o Espírito Santo”. São três em um só. Meu guia, Rajid, admitiu não entender como uma religião que é baseada em uma trindade é monoteísta. Enfim, continuando a falar sobre o Islã, nunca tinha entendido, nem estudado, sobre a diferença entre Sunita e Xiitas, as duas principais linhas que dividem os muçulmanos. A gente só pensa assim: os Sunitas são os legais, os Xiitas são os radicais, que sempre querem guerra. A diferença é que os Xiitas acreditam que o genro de Maomé, Ali, foi seu sucessor. E os Sunitas acreditam que Abu, seu amigo e fiel seguidor foi o seu sucessor. Começou daí, o resto é muito longo para contar aqui. Mas para quem tem curiosidade, é bem interessante.

   *Lembrando toda mesquita deve ser voltada à Meca. Lugar sagrado da religião.

Foto da vista do Jama Masjid para a Old Delhi, uma confusão só:

Depois de “largar” aquelas roupas “lindas e cheirosas”, fomos passear de bike no meio da confusão de Old Delhi, o passeio é incrível, todos DEVEM fazer esse passeio, eu amei!

Depois de conhecer TODA  a confusão dessa parte da cidade, voltamos para New Delhi, para visitar o local onde parte das cinzas de Gandhi estão guardadas. A outra parte foi lançada no rio Ganges. Tentei tentei não sorrir na foto, afinal não é momento nem adequado, mas fiquei com essa cara de “estou com coentro no dente e não posso sorrir”, hahaha.

Depois fomos visitar o templo Sikh de Delhi. Passamos horas conhecendo as tradições da religião. Nosso motorista, que está ao meu lado na foto, é Sikh e adorou nossa parada no local. O Sikhismo é uma religião que surgiu contra a divisão de castas do Hinduísmo.  Como eles condenam o sistema de castas, todo templo Sikh têm um salão enorme para todos os dias oferecer almoço para todos as classes sociais e todas as religiões. Nós visitamos a cozinha, onde todos são voluntários, e acompanhamos todo o almoço, é muito legal, muito interessante, amei! Os seguidores da religião não são identificados por sobrenomes, que remete muito as castas indianas, e sim pelo seu nome próprio. Usam como “sobrenome”Singh para os homens, que significa Leão, e Kaur para mulheres, que significa Princesa. Se eu fosse uma mulher Sikh, meu nome seria Juliana Kaur, e não Juliana Fialho, hahaha. A religião foi fundada pelo Guru Nanak, que nasceu no norte Índia, perto do Paquistão. É uma “mistura” do Islã com o Hinduísmo. Eles acreditam em um só Deus, que não tem forma, e nos ensinamentos dos Dez Gurus do sikhismo, recolhidas no livro sagrado dos sikhs. O Guru Granth Sahib é considerado o décimo-primeiro e último Guru. Na morte do décimo Guru, o mesmo ordenou que o próximo Guru fosse considerado o Guru eterno. Nanak, o criador do Sikhismo, foi o primeiro Guru. Eles usam esse turbante porque não podem cortar nenhum pêlo do corpo, é isso mesmo. Agora imagine seu namorado, sem cortar nenhum pêlo do corpo desde que nasceu, depois de um jogo de futebol, nada legal né? hahahaha. Eles enrolam o cabelo nesse turbante, deve ser cheirooosooo… Então é isso, ninguém quer virar expert em Sikhismo não é? Hahaha.

Então nosso dia foi esse. Depois fomos passear e comprar lembrançinhas para a família. No outro dia, de volta para o Brasil com gostinho de quero mais e mais! Gostaram? O Índia Parte IV vai ser só sobre os restaurantes que fomos. Tudo vale indicar. Beijos!

jul
24

Listra P&B

Boa tarde! Que milagre estar postando durante o dia né? Ontem não deu, mas hoje estou aqui! Esse look usei no domingo, almoço no Cowboy (amo o feijão verde de lá). Usei minha calça candy color, que já apareceu aqui, com regata básica e  casaco listrado (da mamis). Amo listras Preto&Branco, além de combinar com QUALQUER outra cor, acho super clássica a atemporal. O mesmo que acho de poás P&B. O look ficou super casual, adoro! Essa regatinha básica já grudou em mim esses últimos dias, TUDO que coloco fica legal. Ela não é muito coladinha, nem largadona, amei esse shape. Essa rosa metalizada (é um broche) que coloquei na bolsa é a cara da CHANEL né? Parece até que é da marca. Mas é da nossa amigona H&M. Amo o charme que ela dá na bolsa. Enfim, é isso mesmo. Gostaram?

Blusa, calça e casaco: Produção

Bolsa e sapatilha: Chanel

Óculos: Gucci

Pulseiras e rosa: H&M

jul
23

#texturas

Boa noite! Começando a semana com looks com casaquinhos novamente. Dessa vez, fiquei super em dúvida em qual casaquinho escolher, e fotografei os dois que estavam no “paredão“. Ambos têm texturas incríveis e  levantaram o look, que sem eles, seria composto de regata básica e short jeans. Foi aquela mesma história do post passado, o casaquinho levanta sempre! Eu adoro o efeito. Entre os dois, qual o preferido de vocês?

Os casaquinhos estão na promoção na loja (Produção), por R$79,90 ;OOO.

 

Básica, short jeans e casaco (ambos): Produção

Sapatilha: Chanel

Bolsa: Balenciaga

Colar: Comprei em Dubai, lembram que comentei aqui?

Óculos: Marc Jacobs

*Tive que prender o cabelo, o vento estava muito forte!

jul
20

Look para trabalho

Boa noite a todos! Como já comentei por aqui, vou trabalhar bem informal. Não separo meu guarda-roupa por roupas de “sair” e roupa de trabalho. Com esse look da foto, colocaria um salto, uma make, mudaria a bolsa, e já estaria pronta para sair a noite com amigos/família.

Minha dica de hoje é: casaquinho. Como assim? Quer se sentir mais arrumada e moderna? Coloca um casaquinho que tudo se resolve. Comigo é quase sempre assim. Posso estar de short jeans mega curtinho com uma regata básica, ou seja, bem simples, coloco um casaquinho e a história toda muda. Concordam?

A melhor parte é que esse meu casaquinho de renda está de R$79,90 na promoção da Produção. É uma peça super clássica. Em promoções, nunca devemos sair comprando só porque está barato, devemos investir em peças clássicas e atemporais. Já escutei alguém na loja (Produção) perguntando se renda ainda estava na moda. Lógico, o que vai mudando nas temporadas são as cores e texturas, mas a renda sempre estará lá.

Blusa, saia e casaquinho de renda: Produção

Bolsa: Goyard

Lenço: Fendi

Sapatilha: M. Premier

jul
20

Fondue with family

Boa noite pessoal! Toda quinta-feira a família se reúne para comer em algum cantinho gostoso. Hoje foi unânime, todos estavam desejando fondue. Eu já conhecia o local e resolvi levar a família para o Chalé Suiça, fica na rua Pereira Filgueiras. Considero o melhor fondue de Fortaleza! Não tem o ambiente/decoração que outros lugares que servem fondue em Fortaleza têm, como D’abelle Bistrô e Medit, mas em relação à sabor, ao meu paladar ganha fácil. Lá tenho a sensação que não estou em Fortaleza, por não ir com freqüência (na verdade foi a minha segunda vez). Mas vou repetir mais vezes, é gostoso demais. O ruim é o peso na consciência depois de comer tanto, hahahaha.

Sempre peço o fondue de queijo, é maravilhoso!

Minha mamis linda!

Toda fazendo pose para mostrar o look:

Amores da minha vida:

Para engordar os últimos quilos, pedimos de sobremesa o fondue de chocolate, delicioso!

Chegando em casa fotografei o look para mostrar para vocês. A saia longa foi adquirida HOJE. Fazia dias que passava pela loja (Produção) e observava essa saia lá paradinha na promoção (é do Alto Verão do ano passado, final do ano) por R$79,90, e sempre pensava, vou dá uma chance para alguém que gostar dela arrematar por esse precinho. Mas já dei várias chances, hahahaha. Hoje resolvi ficar para mim. A cor lima está em alta TOTAL! Esse post deveria ser de tendência, e não de fondue, hahaha. Apostem nessa cor sem medo! A nova coleção da Produção investiu demais. Eu amo e acho que fica bem em qualquer cor de pele. As morenas são ainda mais privilegiadas, pois o contraste é maior. Essa blusa apareceu no editorial da nova revista da In Voga, sendo na cor que usei nesse post aqui. Uso muito, podem enjoar já dela porque ainda vai aparecer muito aqui. O colar deu um toque étnico, super tendência também. Neon/lima + Étnico + Cropped = Amei. Gostaram também?


Blusa e saia: Produção

Colar: ForeverXXI

Pulseiras: H&M

Carteira: Balenciaga

Blusa no editorial da In Voga:

jul
19

Barzinho com amigas

Boa noite pessoal. Primeiramente MIL desculpas pela qualidade das fotos (dessas e dos últimos posts de looks), tenho usado muito minha câmera a trabalho e estou deixando de lado as fotos bonitas que rolavam antes por aqui. Mas não é para sempre viu? Hahahaha. Essa semana vocês já vão conferir fotos bem legais. Como comentei ontem com vocês, hoje seria nosso “Day of the year”, o shooting da campanha Verão 2013 da Produção. Foi tudo PERFEITO. Vocês vão conferir em agosto a coleção mais maravilhosa que a Produção já preparou para vocês, e com uma produção de campanha incrível! Amei muito como tudo saiu. Queria tanto poder mostrar um pouquinho já para vocês, mas não posso, tudo está muito comprometedor para expor antes do tempo, hihihi. Hoje  dia começou bem cedo, 6h damanhã já estava “na rua“, às 5h da tarde a sessão fotográfica foi finalizada, saindo tudo melhor do que esperava. Para aproveitar e desopilar um pouco, fui com as amigas para o Boteco Original, e fui bem a vontade. Mas apesar de ser um look bem informal, achei interessante colocar aqui para relembrar sobre aquela tendência que comentei: uma peça Preta&Branca (no caso da saia) + uma peça colorida (no caso da blusa). Adoro demais essa combinação. E nada impede de usar uma bolsa de outra cor também não! Adorei o resultado saia P&B + blusa amarela + bolsa laranja e ainda com um lenço bem colorido. Esse lenço quase não sai dessa bolsa, acho que combina demais. Valeu a pena colocar esse look por aqui?

Blusa e saia: Produção

Bolsa: Goyard

Lenço: Fendi (é o meu favorito)

Slipper: Schutz

Pulseira: H&M

jul
17

São João – Varandas

Lembram que há quase duas semanas falei que iria postar aqui o look que usei no São João que tinha ido? Para quem lembra não poderia deixar de mostrar. Já tinha esquecido dessas fotos, hahaha. O São João foi o Varandas, bem conhecido por todo fortalezense. Quando a festa ainda era no Porto das Dunas, todo mundo se vestia beeem a caráter mesmo. Desde o ano passado, a festa é no Clube Ideal, e o pessoal se veste xadrez+qualquer coisa. Não quis ficar destoando, e fui de xadrez+saia jeans. Para ficar um pouco mais junina, fiz uma rápida traça embutida (pena que dormi em cima dela e ficou meio bagunçada). O post veio fora de tempo, mas antes tarde do que nunca, hahaha.

Blusa: Zara

Saia: Produção

Cinto: H&M

Oxford: Aldo

Bolsa: Miu Miu

Amanhã é o shooting da campanha Verão 2013 da Produção. Estou super mega ansiosa (e preocupada). Amanhã posto fotos no instagram (@ju_fialho) de lá para vocês conferirem. Até amanhã!

jul
17

2 anos da Loja Arte e Foto – Scrapbook

Boa noite pessoal! Na última sexta-feira aconteceu a comemoração de dois anos da loja especializada em scrapbook, Arte e Foto. Tudo estava perfeito, todos os detalhes foram pensados e feitos com muito carinho. Toda a mesa de doces foi preparada pela própria equipe da loja, é muito talento né? Ficou um sonho. Vejam só os detalhes:

A aula estava cheia de alunas, muita gente comemorando os dois anos da loja. Uma animação só! Só saímos de lá às 10p.m.

A loja tem todos os tipos, cores e temas de papéis que você imaginar, é muita opcção!

E os furadores? São muitos! Tem todos os desenhos e formatos de corte.

Para quem gosta de scrapbook, ou para quem desejar conhecer melhor esse trabalho manual, entrem em contato com a loja. Telefone: (85) 3241-0972. Fica na av. Sebastião de Abreu 515, em frente à saída do shopping Iguatemi. Gostaram? Ficou tudo muito lindo né?

jul
17

@Índia – Parte II

Como estava  comentando no post passado da Índia com vocês (ver aqui), falar do país em um só post seria impossível, pelo menos pra mim. A explosão cultural continua. No nosso segundo dia, conhecemos 4 locais super interessantes, O templo de Akshardham, O memorial de Gandhi, A tumba de Humayun e por último e completo de Qutb Minar. Não adianta nada falar para onde fui, soltar nomes ao vento, sem falar um pouco de cada local. Então vamos nós:

Começamos o dia em direção ao Templo de Akshardham. Está aberto para visitas a partir de 10a.m., como chegamos um pouco antes, fomos passar o tempo conhecendo um mini templo de Gurus que fica ao lado do Akshardham. Na cultura Hindu, o Guru é considerado uma pessoa com qualidade de um santo que ilumina a mente do seu discípulo, que possui conhecimento transcendental e já alcançou o Moksha (conhecido como Nirvana no Budismo). O Moksha, de uma forma bem prática, é a libertação dos Karmas que acompanhavam sua alma desde vidas passadas. Os Gurus são cultuados e seguidos como os Santos no catolicismo.

Para um mini templo de Gurus, esse não é nada mal! Para falar a verdade, nunca tinha visto nada tão trabalhado, com tantos detalhes, tão rico como esse local (até chegar ao Akshardham). Todo trabalhado em mármore esculpido, o local abriga uma grandeza de detalhes, de arte e de fé.

 

Passamos uma hora analisando a forma de se comportar e de rezar de cada um. Como a foto mostra, só podemos entrar descalços, mas o pé não fica sujo, o mármore é muito limpinho.

Reparem na perfeição:

Notícia não muito boa, no Akshardham não podemos tirar fotos nem filmar, e tudo que posso mostrar da minha máquina à vocês é essa foto que tiramos de longe. Mas por favor, olhem fotos no google aqui, vale muito a pena, foi o local mais lindo que já visitei. Muito mais incrível do que o tão esperado Taj Mahal. Tivemos a oportunidade de participar de uma celebração religiosa durante nossa visita ao templo, foi muito legal, todos sentados no chão (mármore bem geladinho e limpinho), cantando e rezando. Aprendi muito sobre a Trimúti Hindu, os seja, a tripla divindade suprema, compostas pelos deuses Brahma, o criador, Shiva, o transformador e Vishnu, o protetor. O hinduísmo é a religião mais antiga do mundo, e muito rica em cultura. Amei conhecer um pouco mais e de pertinho.


Depois de ficarmos espantados com a grandiosidade do Akshardham, que aconselho a quem foi a Delhi não deixar de ir, fomos conhecer o memorial de Gandhi. É muito interessante, mostra toda sua trajetória, suas lutas e conquistas, sua filosofia, seus pensamentos. Seguimos os seus últimos passos até o local exato onde foi assassinado. Algumas pessoas não sabem, mas Mahatma Gandhi nasceu na Índia. Apesar de ter passado muito tempo fora do país, mas foi lá onde ele nasceu. Cursou direito em Londes, morou na África do Sul de 1981 à 1915 (lutou contra a segregação), só depois retornou à Índia para lutar pela Independência do país. Morreu em 1948 assassinado por um radical hindu, que culpava Gandhi pelo enfraquecimento do novo Governo ao apoiar os muçulmanos do Paquistão. Louco tem em todos os quatro cantos de mundo. Seu corpo foi cremado e suas cinzas jogadas no rio Ganges.


Lembram que comentei aqui que New Delhi não era imunda como as pessoas falavam? Aqui está na foto abaixo, uma típica rua residencial de New Delhi. Lógico que ao redor de Old Delhi não é assim, mas reservando seu hotel perto da Connaught Place, você vai ver isso aí.

Depois do almoço, delicioso por sinal, fomos conhecer a famosa Tumba de Humayun, Imperador Mongol. É como o Taj Mahal, foi construído pela viúva para guardar o túmulo de seu falecido marido, o imperador Humayun. Humayun foi filho de Babur, o grande imperador fundador da dinastia. Seu filho, Akbar, o Grande, foi considerado o maior imperador mongol,  ampliando consideravelmente seu império, e influenciando na arte, cultura e costumes da região.


O sair do complexo do Túmulo de Humayun, me deparei com um encantador de cobras. Nunca tinha visto antes.


E ao chegar no último ponto turístico do dia, Qutb Minar, me deparei com um elefante. Não sabia que em New Delhi iria encontrar elefantes assim. Sei que na cidade de Jaipur, que não visitei, tem muito elefante.

E será que o elefante estava sozinho? Não não! Seu dono estava tirando um cochilo na sua “cacunda“.

Ao entrar no complexo, ficamos admirados com tantas ruínas, tudo tão antigo e tão conservado ao mesmo tempo.

Muito interessante observar os costumes e tradições.

Olhem a riqueza dos detalhes:

Como pode ainda estar assim? Tão perfeito?


Aí está o minarete:

Na Índia existe muito turismo interno, dos próprios indianos do interior ou outras cidades. Então algumas famílias não são acostumadas a ver ocidentais (apesar de me achar a cara de uma indiana). Estava sentada descansando um pouco, quando uma mãe colocou seus dois filhos ao meu lado e pediu para tirar foto. Isso é muito comum, quem for, vai ver. Às vezes, me achava a própria Atriz de Hollywood, hahahaha.

Rajid, nosso guia, e o Caué com o minarete ao fundo.

O bichão (minarete) é bonito né? A foto abaixo mostra perfeitamente.

Eu, Caué e o Minarete Qutb Minar.

Mais uma família pedindo para tirar foto, muito engraçado né? hahahaha.

À noite, depois de um dia super cheio de surpresas, fomos conhecer um dos restaurante da minha listinha (no post passado comentei que já sabia onde queria jantar em cada dia). É o The Qube, no hotel mais charmoso que já vi, The Leela Palace. Vale a pena conhecer qualquer um dos restaurantes do Hotel, todos são maravilhosos, deliciosos e charmosos. O atendimento é maravilhoso! O The Qube, onde jantamos, é todo de vidro com vista para o jardim maravilhoso do Hotel, muito bom! E a comida, espetacular.

Eu toda matuta posando em frente ao lobby.

Essa semana tem Índia Parte III! Espero que estejam gostando!